Adestramento Inteligente Rio, por Reginaldo Ribeiro
Apresentação Serviços oferecidos Metodologia de adestramento Quem é Reginaldo Ribeiro Fotos e vídeos de adestramento. Entre em contato com o adestrador Reginaldo Ribeiro
Quando se educa um cão com AMOR, é carinho que se recebe dele.
 

Artigos, Informações Úteis e Notícias

Cuidados Com o Cão Portador de Dermatite Atópica

07/03/2012


Amigos,

O artigo a seguir me foi fornecido por uma cliente, de autoria da Médica Veterinária Gabriela Machado Garcia, sobre um tipo de alergia que afeta a humanos e cães, a Dermatite Atópica.


Cuidados Com o Cão Portador de Dermatite Atópica

A Dermatite Atópica é uma doença alérgica, de natureza genética, agravada por fatores ambientais. Tais fatores podem ser controlados pela mudança no manejo do paciente, o que pode minimizar e controlar seus sintomas clínicos.

Medidas a serem tomadas para o controle da Dermatite Atópica:
- Manter o cão em ambientes arejados e iluminados;
- A poeira doméstica deve ser removida com aspiradores de pó. O ambiente deve ser higienizado com cloro;
- Evitar que o cão durma debaixo da cama, local onde a concentração de poeira doméstica é grande;
- Usar capas impermeáveis em colchões, camas e travesseiros (tanto dos cães, como dos donos). Se possível, evitar que o paciente durma na cama;
- Remover cortinas, tapetes e carpetes. Quando não for possível, é recomendada a limpeza dos mesmos com vaporeto;
- Restringir o contato do paciente com grama, plantas e etc;
- Evitar que o cão passe muito tempo em ambientes úmidos, como banheiros, áreas de serviço etc;
- Evitar o uso de roupas com tecidos sintéticos ou de lã;
- Dar banhos com água fria e evitar o uso de secador muito quente, para não ocorrer maior ressecamento da pele; o ideal é o uso de sopradores. Usar no banho apenas produtos recomendados por veterinários e evitar o uso de perfumes após ele;
- Nunca tosar o cão alérgico com máquina, mas sim com tesouras;
- A escovação diária dos pêlos é importante para eliminar sujeiras e estimular a circulação sanguínea da pele;
- Fazer o controle intenso de pulgas e carrapatos;
- Oferecer rações balanceadas;
- Evitar alimentar o cão com comidas caseiras, leite e derivados, petiscos etc;
- Criar o hábito de passear com o cão, pois o confinamento gera um estresse no paciente, o que agrava a coceira.

Gabriela Machado Garcia.
Médica Veterinária


 
<< Voltar para listagem de Artigos e Informações Úteis <<
 
 

Veja Mais

 
Maus-tratos é crime, denuncia no IBAMA linha verde 0800-61-8080, ou na delegacia mais próxima.

principal  |  serviços  |  metodologia  |  quem sou eu  |  fotos e vídeos  |  contato  |  favoritos
© Adestramento Inteligente Rio 2012 Design by Fábio Dutra